Este site usa cookies e tecnologias afins que nos ajudam a oferecer uma melhor experiência. Ao clicar no botão "Aceitar" ou continuar sua navegação você concorda com o uso de cookies.

Aceitar

Artigos sobre Manutenção Industrial e Gestão de Ativos

Software On-Premise x SaaS: qual opção é melhor para a gestão da manutenção

Guilherme Bogo
Escrito por Guilherme Bogo em 28 de abril de 2020
Fique por dentro

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

Quando um empresário decide escolher um software de manutenção ele sempre vai se deparar com dois questionamentos. Primeiro, qual é a melhor solução para o seu negócio? Se uma solução SaaS, com funcionalidades em nuvem ou On-Premise, um sistema instalado dentro da empresa.

E segundo, quanto será o custo total desse investimento? Para saber as respostas, ele precisa pesquisar e entender como cada uma dessas
tecnologias funciona. E, a partir daí, analisar com cuidado qual é a ferraenta para gestão da manutenção que oferece um melhor custo-benefício.

Também quer descobrir qual é a solução ideal para o seu negócio e como será esse investimento? Veja, neste post, qual é a diferença entre uma solução On-Premise e um sistema SaaS, e descubra qual é a melhor tecnologia para manutenção!

Software On-Premise x SaaS: qual opção é melhor para a gestão da manutenção

On-Premise X SaaS

A empresa que opta por um software On-Premise precisa investir na capacitação de profissionais qualificados para lidar com a ferramenta. Por ser
um sistema instalado e executado dentro da própria companhia, não dispõe de uma funcionalidade remota e nem oferece um serviço especializado pela internet.

O software é adquirido individualmente, e por conta disso o seu investimento acaba sendo mais caro. Apresenta custos imprevistos, uma vez que defeitos no sistema podem ocorrer. E, nesse caso, é a empresa que fica responsável por arcar com toda a reparação, na grande maioria dos casos.

No entanto, por se tratar de um servidor administrado pelos próprios funcionários, os gestores acreditam que essa tecnologia é uma vantagem para melhorar a gestão da manutenção.

O SaaS(Software as a Service), por outro lado, é um modelo de sistema que permite aos empresários o acesso a produtos e serviços após a contratação de uma assinatura. Isto é, eles podem trabalhar de maneira remota, a qualquer hora, por meio de um navegador web.

A empresa se compromete a pagar a mensalidade e a fornecedora do serviço é que fica encarregada de realizar a manutenção e administração do sistema. Também pelo suporte técnico, segurança dos dados e atualização do software. Ou seja, oferece pontos positivos para quem quer minimizar custos e agilizar
operações.

SaaS: tecnologia para manutenção com um ótimo custo-benefício

Diferente das soluções On-premise, que necessita de um maior investimento inicial, na grande maioria das vezes, o Software as a Service traz uma proposta bem diferente.Ele não requer instalação alguma e funciona pela internet. Logo, pode ser utilizado de qualquer parte do mundo.

Por ter funcionalidades em Cloud Computing, o SaaS garante maior agilidade nas tarefas, economia e um melhor controle financeiro. Diminui
os custos relacionados a:

  • Instalações: não é preciso adquirir equipamentos específicos para a implantação do software e nem precisa realizar a compra de um licenciamento;
  • Conservação: por se tratar de uma mensalidade, os custos se tornam fixos e previsíveis, permitindo que os gestores tenham melhor controle sobre o orçamento;
  • Atualizações: a fornecedora do serviço é a responsável por manter o sistema atualizado. Logo, não importa a hora ou o lugar, a empresa sempre poderá atender o mercado com o máximo de eficiência.

Além de minimizar os custos, a implementação do sistema vem sendo favorita por ser mais rápida — tudo é feito de forma on-line pela fornecedora do serviço. As empresas especializadas em SaaStambéminvestem alto na segurança dos dados e no controle de acessos.

Isto é, o cliente não precisa mais ficar preocupado em resolver questões que não sejam o seu trabalho. Após a compra de um pacote, o empresário têm a possibilidade de usufruir o melhor da tecnologia com um ótimo custo-benefício.

Keepfy: gestão fácil para todos!

O Keepfy, por exemplo, trabalha com essa tecnologia. Foi desenvolvido para suprir as necessidades do campo fabril e não exige fidelidade, taxa de contratação e sua implantação é bem simples. A empresa escolhe a modalidade do serviço, paga uma mensalidade e assina a ferramenta sem arcar com grandes custos.

É uma excelente ferramenta para a gestão da manutenção, mas também auxilia na otimização de processos, análise de indicadores e tomada de decisões.Oferece funcionalidades básicas de gerenciamento ao mesmo tempo em que protege as  informações da empresa.

Não importa se a tecnologia for utilizada para controlar ativos ou revolucionar os processos industriais, o Keepfy é a resposta certa para todos os problemas. É acessível a qualquer negócio, oferece serviço de qualidade e ainda ajuda os empresários que buscam se sobressair no setor competitivo. É ótimo!

E se você ainda está em dúvida entre qual software de manutenção escolher, se um modelo On-Premise ou SaaS, comece agora mesmo o seu teste gratuito de 14 dias no Keepfy.

Experimente o Keepfy por 14 dias grátis

Conta pra gente!

o que você achou deste conteúdo? Escreva nos comentários.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *