Este site usa cookies e tecnologias afins que nos ajudam a oferecer uma melhor experiência. Ao clicar no botão "Aceitar" ou continuar sua navegação você concorda com o uso de cookies.

Aceitar

Artigos sobre Manutenção Industrial e Gestão de Ativos

Segurança da informação na gestão da manutenção

Guilherme Bogo
Escrito por Guilherme Bogo em 10 de dezembro de 2019
Fique por dentro

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

A transformação digital está acontecendo e vem contribuindo para que as empresas se tornem mais competitivas. No entanto, junto com a tecnologia e o acesso fácil às informações, maior têm sido a brecha para ocorrer falhas na segurança de dados — um risco que você pode estar correndo sem perceber.

Alguns não parecem preocupados em proteger dados, enquanto outros estão focados em buscar formas de manter as informações em segurança. Já pensou em como está
sendo feito o seu controle da gestão da manutenção? Se por planilhas, pranchetas ou métodos mais inovadores?

Caso ainda esteja com dúvidas ou não saiba como responder a essas perguntas, entenda, neste artigo, por que a segurança das suas informações é importante,
no que ela influencia para um mercado competitivo e quais os perigos que a sua empresa pode estar correndo ao não tomar os cuidados necessários.

Segurança das Informações: o que é e por que é importante?

A segurança das informações está relacionada a um conjunto de ações para proteger dados. Garante que as informações da empresa fiquem protegidas, sendo mais do que só uma estratégia de gestão. Ela é também um processo que permite aos gestores fornecer credibilidade e continuidade aos negócios.

Quando bem aplicada, e com o uso dos software certos, a empresa consegue proteger suas informações de ameaças e também de qualquer erro humano. Entre os benefícios de se preocupar e aprimorar os negócios para tecnologias mais seguras estão:

  • Confidencialidade: garante a propriedade dos dados, não permitindo a divulgação a entidades ou indivíduos não autorizados;
  • Integridade: mantém a consistência das informações durante todo o ciclo de vida dos dados;
  • Disponibilidade: maior tempo e disponibilidade para que a empresa consiga consultar as informações;
  • Autenticidade: oferece a segurança de que os dados não sofreram qualquer tipo de mutação ao longo de sua vida. 

Não só fazer a gestão da manutenção é importante, mas também é preciso que todos os dados estejam protegidos de ameaças. Imagine só se chega a ocorrer algum tipo de falha e as informações e estratégias acabam vazando aos concorrentes. Seria um desastre, não é?

E, pior, como ficaria a situação do seu negócio caso hackers conseguissem invadir os dados de todos os seus clientes? Concordamos que, além de denegrir a reputação da sua empresa, você pode ainda perder clientes e até mesmo novas oportunidades, certo?

Um risco que ninguém está disposto a correr.

Garantir a segurança das informações na gestão da manutenção é uma forma de os gestores manterem o funcionamento dos negócios. É uma ação necessária caso queiram enfrentar o mercado competitivo. E para isso é preciso que mudem o seu mindset e passem a investir em tecnologias capazes de proteger os dados.

5 perigos de não cuidar da segurança das informações

Agora que você já sabe a importância de manter as suas informações em segurança, que tal conhecer os perigos que a sua empresa pode estar correndo sem um cuidado adequado dos dados?

1. Um documento importante é perdido

A manutenção dos equipamentos ocorreu de forma correta, os arquivos e relatórios foram salvos em um dispositivo e então os documentos são perdidos e você não
tem mais acesso à informação nenhuma. Já pensou nisso? Por mais simples que pareça, o extravio de dados acontece e pode comprometer qualquer serviço.

Pense que se depois de perder esses documentos um maquinário quebra? Não há segurança para continuar o trabalho com tranquilidade, nem saber quando e por que uma manutenção é necessária. Ou seja, todo o controle sobre os equipamentos é perdido, e não há previsões de quando o gestor conseguiria colocar tudo em
ordem.

2. As informações podem ser mudadas

Tão perigoso quando perder documentos é também ver as informações alteradas (seja de forma acidental ou proposital). O gestor percebe que não há credibilidade
alguma nos dados, e a qualidade das estratégias podem acabar comprometidas por conta de dados errados.

Você se sentiria seguro em tomar uma decisão sabendo que as informações podem ser alteradas a qualquer momento? Não, certo? Isso é algo grave que pode prejudicar os negócios, além de afetar a situação da empresa no mercado — a mesma que investe capital e esforços para direcionar os planos para o caminho certo.

3. Vazamento de dados confidenciais (espionagem)

É difícil acreditar que existam espiões no mundo real, mas há empresas que já estão tendo de lidar com esses vilões. O vazamento de dados confidenciais é um
problema sério, que não só coloca em risco a credibilidade da empresa como também compromete a sua permanência no mercado.

E não se pode arriscar dessa maneira! É preciso buscar meios para assegurar a proteção das informações. E isso só se consegue investindo em tecnologia e
criando políticas de acesso para que somente as pessoas certas tenham alcance aos documentos.

4. Sequestro de dados

Com o acesso fácil à internet, as empresas acabam ficando vulneráveis a vírus e plataformas não confiáveis. Isso ocorre e ninguém está livre de cometer um
deslize ao clicar em links desconhecidos. Existem vírus, como é o caso de ransomware, que sequestram informações para então liberá-las
somente após um pagamento.

5. Perdas Financeiras

Além de expor as informações, colocar em risco a credibilidade dos dados e prejudicar a funcionalidade dos equipamentos, os gestores precisam também lidar com os prejuízos financeiros trazidos por esses problemas. E não se trata de valores pequenos, mas de quantias expressivas que podem prejudicar o patrimônio.

  • Uma parada na produção;
  • Falha nos equipamentos;
  • Perdas de clientes;
  • Má reputação no mercado.

São exemplos possíveis e que podem acontecer, caso as empresas não tomem algumas medidas para com a segurança das informações na gestão da manutenção. E que tipo de cuidados seriam esses, afinal? Talvez esse seja um assunto interessante para abordarmos em um próximo capítulo, não é? O que acha?

Quer saber mais sobre a proteção de dados ou descobrir formas para ter uma gestão de manutenção mais simples? Continue acompanhando o nosso blog.

Experimente o Keepfy por 14 dias grátis

Conta pra gente!

o que você achou deste conteúdo? Escreva nos comentários.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *