Este site usa cookies e tecnologias afins que nos ajudam a oferecer uma melhor experiência. Ao clicar no botão "Aceitar" ou continuar sua navegação você concorda com o uso de cookies.

Aceitar

Artigos sobre Manutenção Industrial e Gestão de Ativos

Software como Serviço: qual a diferença entre On-Premise e SaaS?

Luan Santos
Escrito por Luan Santos em 21 de janeiro de 2020
Fique por dentro

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

Os profissionais da Gestão da Manutenção estão buscando novas formas de inovar no controle de ativos. Eles querem desempenhar suas funções com o máximo de segurança, praticidade e economia. E nem sempre sabem qual a alternativa mais eficiente para atender às necessidades do campo fabril e superar a concorrência.

Por isso, na hora de escolher a melhor solução, ficam em dúvida entre adquirir um Sistema de Gestão On-Premise ou SaaS. Um é responsável por fornecer um serviço local — com instalação feita na própria empresa —, enquanto outro disponibiliza funcionalidades em Cloud Computing — com acesso às ferramentas pela nuvem.

Mas qual é, realmente, a solução mais atrativa para os negócios e quais são todos os seus benefícios? Saiba o que cada tecnologia oferece, quais os diferenciais entre um sistema e outro, e o que ambos os software podem fazer para garantir o sucesso do seu negócio.

On-Premise e SaaS: o que são?

On-Premise, conhecido também como Software no Local, é um modelo de sistema instalado e executado dentro da própria companhia. Isto é, não possui uma funcionalidade remota, nem oferece atendimentos ou serviços especializados via internet.

O SaaS (Software as a Service), no português Software como Serviço, é um modelo diferente de sistema que permite o acesso a produtos e serviços após a contratação de uma assinatura. Ou seja, os clientes podem trabalhar de maneira remota por meio de um navegador web.

No caso do On-Premise, os profissionais de TI são necessários e desempenham a tarefa de instalar e também resolver os problemas relacionados a dados ou Software. Já no SaaS o processo é um pouco diferente. Não é preciso uma equipe de TI específica por que os serviços já são adquiridos de uma empresa especializada.

On-Premise x Software as a Service

Os Software On-Premise são as soluções mais tradicionais de manutenção e sua instalação ocorre no local. Após a aquisição da tecnologia, a responsabilidade de trabalhar e administrar a ferramenta fica apenas por conta da empresa.

Como é um sistema adquirido de forma “independente”, o investimento em comprar a licença acaba sendo mais elevado. Porque incluem os custos relacionados à manutenção, contratação de mão de obra especializada e todos os cuidados necessários com a infraestrutura.

Porém, como o servidor é controlado pelos próprios profissionais na empresa, muitos empresários enxergam nisso uma vantagem competitiva para gerenciar e controlar os seus ativos. Grande parte dessas organizações se tratam de Indústrias e órgãos governamentais.

Entre as vantagens de se optar por uma solução On-Premise estão destacadas:

  • Maior capacidade de customização;
  • Melhor controle na implementação do software e das funcionalidades;
  • Garantir uma equipe mais preparada para encarar os desafios e resolver problemas;
  • Melhor controle das informações e dados.

Diferente do On-Premise, a modalidade Software como Serviço não requer instalação alguma, mas apenas o acesso à internet. Pode ser utilizado a qualquer hora do dia, em qualquer parte do mundo, e algumas de suas funcionalidades podem ser desempenhadas por um dispositivo remoto.

Como funciona em nuvem, a manutenção e a administração do sistema ficam sob a responsabilidade da empresa especializada. Ou seja, garante melhor economia e controle financeiro uma vez que diminui os custos relacionados a instalações, conservação e atualizações.

As empresas especializadas em SaaS também investem alto na segurança dos dados e no controle de acessos. O cliente não precisa se preocupar com nada que não seja o seu trabalho e apenas adquire um pacote específico do produto. Após a compra passa então a usufruir de uma tecnologia de ponta por um preço bem baixo.

Entre as vantagens de se adquirir um Software como Serviço estão:

  • Segurança das informações (o servidor realiza backups automáticos);
  • Melhor agilidade na implementação;
  • Maior facilidade na utilização da ferramenta;
  • Suporte técnico de profissionais especializados;
  • Atualizações periódicas;
  • Aumento da produtividade e economia de tempo;
  • Redução de custos (o investimento possui um valor fixo, estabelecido pelo próprio cliente);
  • Economia em relação à infraestrutura (a empresa não precisa realizar manobras ou gastar recursos nesse caso. E isso porque o software funciona em Cloud Computing.

Como escolher entre uma tecnologia SaaS e On-Premise?

Os padrões de mercado estão mudando e os consumidores estão cada vez mais exigentes. E as empresas precisam contar com uma ferramenta capaz de atender a demanda em menos tempo. Embora o On-Premise ainda seja bastante utilizado, são as soluções SaaS que oferecem um maior diferencial por conta da tecnologia.

Oferecendo maior economia e praticidade, os software como o Keepfy, por exemplo, foram desenvolvidos para ajudar os profissionais a desempenharem as suas funções com o máximo de segurança. Ele oferece a opção SaaS e, junto com os benefícios acima, o acesso a serviços de qualidade por um preço super acessível.

Na hora de escolher a sua ferramenta, esclareça os objetivos da empresa e se a opção selecionada consegue atender todas as necessidades. Independentemente de optar por uma solução SaaS ou On-Premise, tenha em mente que otimizar serviços e garantir maior produtividade são dois dos principais requisitos.

Então, preparado para a inovar o seu negócio? Ainda não sabe qual a solução ideal para o seu negócio? Continue então acompanhando o nosso blog e fique por dentro de todos os conteúdos relacionados à Gestão da Manutenção.

Experimente o Keepfy por 14 dias grátis

Conta pra gente!

o que você achou deste conteúdo? Escreva nos comentários.

O seu endereço de e-mail não será publicado.