Este site usa cookies e tecnologias afins que nos ajudam a oferecer uma melhor experiência. Ao clicar no botão "Aceitar" ou continuar sua navegação você concorda com o uso de cookies.

Aceitar

Artigos sobre Manutenção Industrial e Gestão de Ativos

Saiba como ter uma gestão da manutenção simples

Guilherme Bogo
Escrito por Guilherme Bogo em 17 de abril de 2019
Fique por dentro

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

Os profissionais de gestão sabem a importância de manter os seus equipamentos sempre em dia. O processo de prevenção impede que prejuízos sejam acrescidos pelo mau funcionamento das máquinas, ineficiência das operações ou por conta das paradas obrigatórias durante algum procedimento.

Contudo, apesar de compreenderem a necessidade da gestão da manutenção, muitos gestores acabam encontrando cenários ineficientes, complexos e repleto de problemas nas indústrias, em razão de falhas nos processos, do não atendimento do software, falta de integração entre os setores, entre outros.

Algo que contribui para a geração de resultados negativos, não concorda?

Talvez, esse seja o momento certo para parar, observar o cenário como um todo e se questionar: é possível simplificar os processos de manutenção? Será que ela pode se sobressair aos métodos tradicionais para experienciar algo totalmente novo na busca por melhores resultados?

E, adivinhe só, a resposta é sim.

Agora, se quer descobrir como fazer a sua gestão de manutenção ficar mais simples e prática, acompanhe o nosso artigo até o final.

Saiba como ter uma gestão da manutenção simples

Rumo à inovação

A gestão da manutenção é um conjunto de processos realizados para monitorar a execução de equipamentos, máquinas, ferramentas e instalações. É uma ação importante para evitar que paradas não planejadas ocorram durante a produção, e a empresa não tenha de arcar com desperdícios em manutenções ineficazes.

Embora sejam processos bastante comuns, sabemos que garantir o controle dos equipamentos nem sempre é uma tarefa fácil. Por se tratar de procedimentos complexos, existem algumas dificuldades que podem gerar ineficiência na execução do plano de manutenção, e consequentemente, no ciclo produtivo.

Veja alguns exemplos:

# Falta de capacitação sobre o funcionamento ideal dos equipamentos

Esse é um problema bastante comum. Os funcionários que não conhecem o funcionamento ideal dos equipamentos acabam ficando desatentos. Isso contribui para o aumento dos riscos de acidentes, atrasos na produtividade e também ineficiência das máquinas.

# Equipe de manutenção desmotivada

A equipe de manutenção deve ser atenta e proativa o tempo todo. Quando desmotivados, as operações não fluem, não há interesse em verificar os equipamentos ou aprender métodos inovadores. Manter a equipe motivada e com um mindset inovador pode contribuir para que eles abracem a transformação digital.

# Plano de manutenção ineficiente

Um plano de manutenção eficiente é fundamental para os resultados no setor. Utilizar processos não controlados podem trazer muita dor de cabeça para os gestores, com paradas não planejadas e gastos desnecessários em manutenções corretivas.

# Faltam métodos mais eficazes para otimizar a gestão

A gestão da manutenção pode ser um processo demorado e bastante minucioso. Nem sempre os gestores têm tempo para acompanhar uma inspeção ou lidar com métodos burocráticos para compreender os resultados. É preciso buscar novas formas de otimização e objetividade.

Os gestores sempre estão buscando novas formas de tornar o seu controle algo mais simples, mas como muitas das empresas são pequenas, encontrar uma solução que se adapte às necessidades e ao bolso parece complicado. Porém, não é uma tarefa impossível.

Tecnologia para a gestão

Se o obstáculo é uma gestão da manutenção simples, os profissionais podem ficar tranquilos em saber que a tecnologia está evoluindo para acabar com esse problema. Hoje, já existem softwares que conseguem simplificar as operações, transformando o trabalho dos gestores em algo mais prático e seguro no dia a dia.

Por meio de sistemas inteligentes, as empresas conseguem melhorar o controle sobre os seus serviços de manutenção, através de funcionalidades eficientes que atuam desde a construção do plano de manutenção até as principais rotinas de execução das manutenções diariamente.

A equipe pode registrar todas as informações das ordens de serviço, por exemplo, permitindo ao gestor o melhor planejamento das mesmas de acordo com a disponibilidade da equipe e a necessidade do campo fabril, além de acompanhar toda a atividade de forma simples e rápida.

Além disso, esses softwares trazem também a inovação e a transformação digital para dentro dos negócios. Isso porque as soluções são capazes de fornecer indicadores-chaves que auxiliam os profissionais na tomada de decisões e na formulação de estratégias mais assertivas.

Sua empresa já conta com um software assim?

Quer saber mais sobre a gestão de manutenção, conhecer as soluções tecnológicas e como esse procedimento pode influenciar o crescimento do seu negócio? Continue acompanhando o nosso blog.

Experimente o Keepfy por 14 dias grátis

Conta pra gente!

o que você achou deste conteúdo? Escreva nos comentários.

O seu endereço de e-mail não será publicado.