Este site usa cookies e tecnologias afins que nos ajudam a oferecer uma melhor experiência. Ao clicar no botão "Aceitar" ou continuar sua navegação você concorda com o uso de cookies.

Aceitar

Artigos sobre Manutenção Industrial e Gestão de Ativos

Veja 8 tendências em gestão da manutenção para 2020

Guilherme Bogo
Escrito por Guilherme Bogo em 24 de março de 2020
Fique por dentro

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

Segundo o último relatório Focus do Banco Central, o PIB brasileiro pode crescer 2,3% em 2020. Isso significa que o consumo de produtos e serviços irá aumentar e que as empresas devem começar a se preparar para atender o mercado.

Cabe ao gestor a responsabilidade de manter o chão de fábrica funcionando, inclusive seguindo as tendências em gestão da manutenção para
garantir a sua competitividade.

A indústria que não se preocupar em inovar os processos ou não abraçar a transformação digital como uma aliada pode perder desempenho e, consequentemente, espaço entre as concorrentes.

Sua empresa quer se atualizar, mas não sabe quais são as principais tendências para gestão da manutenção em 2020? Então leia o post para descobrir quais são elas e qual é a ferramenta que pode tornar essas tendências realidade.

8 tendências para manutenção em 2020

A transformação digital chegou no setor de manutenção para otimizar os processos e garantir a qualidade dos serviços e produtos. Sem o apoio de
soluções mais modernas, o campo fabril pode ficar ultrapassado e incapaz de competir no mercado.

Uma das formas de manter o chão de fábrica atualizado e preparado é seguir as tendências do setor. Veja abaixo quais são as tendências em gestão da
manutenção
para 2020:

#1 Indicadores de manutenção

É por meio dos indicadores de manutenção que o gestor sabe se os resultados pretendidos estão sendo alcançados.

Os números permitem que ele analise a situação real da empresa e, a partir daí, consiga elaborar estratégias mais assertivas nos negócios. Também atestar a qualidade dos processos e garantir o funcionamento das máquinas e equipamentos.

A partir de 2020, a análise de indicadores será cada vez mais importante, pois serão as métricas que vão atestar a qualidade do que está sendo produzido.

#2 Otimização de processos

A fábrica que investir em ferramentas mais inovadoras em 2020 será capaz de otimizar os processos, acelerar o desempenho dos ativos e melhorar o atendimento ao público.

Isso vai ser crucial para manter a qualidade da empresa e a equipe mais preparada para atender os pedidos.

#3 Soluções mobile

As empresas precisam investir em soluções que oferecem flexibilidade.

Se o gestor de manutenção possui uma ferramenta que oferece mobilidade, ele pode realizar tarefas mesmo estando fora da empresa. Pode emitir
ordens de serviços, analisar indicadores e até designar tarefas na palma da mão.

Ou seja, ele passa a ter mais autonomia para gerenciar o setor de qualquer lugar, a qualquer hora.

#4 Manutenção preditiva

Manter o chão de fábrica funcionando será um diferencial extremamente competitivo em 2020. Como a expectativa é que o PIB cresça 2,3%, sairá na frente a empresa que conseguir atender o mercado sem pausas.

Realizar a manutenção preditiva para detectar as falhas, antecipar os problemas e aumentar a segurança dos ativos e funcionários será um pré-requisito para a empresa que quer se destacar.

#5 Segurança e confiabilidade de dados

Com cada vez mais dispositivos conectados à internet, ficou mais fácil para o gestor da manutenção acessar dados para a tomada de decisão. No entanto, sabe-se que a facilidade de acesso pode acarretar também em falhas de segurança.

Para garantir a proteção e a confiabilidade dos dados em 2020, as empresas vão precisar buscar ferramentas para aumentar asegurança das informações.

E que ferramentas são essas? Software que proporcionam integridade, disponibilidade dos dados, autenticidade e, principalmente, confidencialidade.

#6 Simplicidade para facilitar processos

Nesse ano, a indústria que entregar produtos com mais qualidade, em menos tempo, sairá na frente.

Assim sendo, é importante que as empresas comecem a buscar métodos mais práticos para realizar as operações. Do contrário, poderão perder produtividade e qualidade, e ser ultrapassadas pelas concorrentes.

#7 Conscientização e meio ambiente

Como 2020 será outro ano voltado para a conscientização, as indústrias deverão buscar alternativas mais sustentáveis para minimizar a produção de lixo, a emissão de gases poluentes, o uso de energia elétrica e o desperdício de recursos.

A manutenção das máquinas e equipamentos será uma etapa importante nesse processo para minimizar os impactos ambientais ocasionados pelo uso incorreto dos ativos.

#8 Transformação digital e novas tecnologias

Investir em novas tecnologias será um pré-requisito para manter a competitividade.

Os software de gestão da manutenção, com a tecnologia SaaS incluída por exemplo, mudarão a forma de gestão das atividades.

Sistemas que incluem também Cloud Computing, Inteligência Artificial, User Experience (UX) e User Interface (UI), e Big Data e Business Intelligence
serão utilizados para agilizar os processos e turbinar ainda mais o trabalho no setor.

Então, gostou do tema?

Já sabe como manter o seu chão de fábrica funcionando e como deixar a sua equipe mais preparada para o mercado?

Se você ainda não possui uma ferramenta para tornar estas tendências realidade, clique e experimente o Keepfy gratuitamente. Veja como a solução pode transformar a gestão da manutenção e comece agora mesmo a se destacar no mercado.

Experimente o Keepfy por 14 dias grátis

Conta pra gente!

o que você achou deste conteúdo? Escreva nos comentários.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *