Este site usa cookies e tecnologias afins que nos ajudam a oferecer uma melhor experiência. Ao clicar no botão "Aceitar" ou continuar sua navegação você concorda com o uso de cookies.

Aceitar

Artigos sobre Manutenção Industrial e Gestão de Ativos

Tecnologia para manutenção: por que investir em mobilidade é importante?

Guilherme Bogo
Escrito por Guilherme Bogo em 25 de fevereiro de 2021
Fique por dentro

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

Até pouco tempo o gestor de manutenção precisava ficar horas fechado em um escritório para analisar as informações da indústria. Contudo, desde que a tecnologia para manutenção foi inserida dentro das empresas, trazendo consigo funcionalidades interessantes como a mobilidade, ficou muito mais fácil acompanhar de perto todos os dados e tomar melhores decisões.

Não sabe por que a mobilidade é considerada uma ferramenta de transformação digital na manutenção?

Veja, neste post, o que é mobilidade e qual a sua importância. Também, como a mobilidade na manutenção pode se tornar uma porta de entrada para garantir melhores resultados no controle de ativos.

Boa leitura.

Afinal, o que é mobilidade?

A mobilidade é uma palavra que vem do latim mobilitas(átis), que por sua vez significa móvel. Em outras palavras, pode ser definida como sendo a qualidade daquilo que se move, ou seja, tudo que permite o deslocamento do ser humano e objetos.

Quando falamos em mobilidade na manutenção estamos nos referindo à capacidade do gestor fazer o controle de ativos de qualquer lugar por meio de aplicativos e dispositivos móveis como smartphones e tablets, entre outros.

A importância da mobilidade na gestão da manutenção

A gestão da manutenção é responsável por assegurar o bom funcionamento das máquinas e equipamentos, certo?

Por meio do controle de ativos a empresa consegue evitar paradas na produção por causa de equipamentos quebrados, como também impedir gastos desnecessários com manutenções ineficazes.

Porém, para garantir que o chão de fábrica funcione à todo vapor e que a empresa esteja livre de riscos, o profissional responsável pelo setor de manutenção precisa acompanhar de perto todas as informações. Algo que só é possível com ferramentas e soluções tecnológicas que permitem a mobilidade.

Quando se possui uma tecnologia para manutenção que facilita o deslocamento pela indústria, o gestor consegue monitorar o desempenho dos seus ativos em tempo real. E, a partir daí, solucionar problemas, direcionar atividades e gerenciar ordens de serviço com maior rapidez.

Não só isso, acompanhar indicadores de desempenho e traçar estratégias mais assertivas para otimizar a produção.

Como a mobilidade pode ser relacionada à inovação

Sabe aquele tempo onde o gestor precisava passar horas coletando dados e analisando informações impressas em um papel? Ficou para trás!

Hoje, na era da transformação digital, adotar esses métodos ultrapassados de gestão é praticamente um ‘tiro no pé’ para quem quer se manter competitivo. E como a disputa por espaço está cada vez mais acirrada, sai na frente a empresa que procura se destacar entre as demais.

Nesse caso, a que assegura o funcionamento dos ativos e também se preocupa em reduzir custos e oferecer produtos e serviços com mais qualidade.

Mas para assegurar o bom desempenho das máquinas e equipamentos, economizar e ter mais qualidade, não basta apenas contar com a sorte.

É preciso agir e investir em tecnologia para otimizar processos e facilitar o gerenciamento. Isso significa adotar sistemas que disponibilizem funcionalidades inovadoras, usar dispositivos móveis como smartphones, tablets e investir em um aplicativo que auxilia o gestor no controle e na tomada de decisão.

A união de todos os fatores acima será a porta de entrada que ajudará na inovação da empresa e no controle de ativos.

Ferramentas web para mais mobilidade na manutenção

As ferramentas web, como um Software as a Service (Software como Serviço), fazem parte das soluções que oferecem mobilidade.

Nesse modelo de sistema, o profissional de gestão não precisa necessariamente ter um ERP ou investir em infraestrutura. Basta ter acesso à internet, possuir um dispositivo móvel e ter um aplicativo para fazer o controle dos ativos em poucos cliques.

Como em um Software as a Service tudo é feito online, isto é, sem necessidade de instalação, o gestor pode acompanhar dados, monitorar o desempenho das máquinas e ver o histórico das manutenções de qualquer lugar e hora.

Pode ainda controlar as atividades remotamente, programar consertos e até avaliar métricas e indicadores antes de uma tomada de decisão.

O acesso rápido às informações garante agilidade para o gestor inovar dentro do setor de manutenção, contribuindo para tornar a empresa mais moderna e produtiva.

Como pode ver, uma ferramenta web como um aplicativo é uma solução fácil, prática, simples e capaz de oferecer a mobilidade que a gestão da manutenção tanto precisa.

Não conhece uma solução SaaS capaz de fazer isso? Clique abaixo e conheça o Keepfy, um software que promete revolucionar e simplificar a sua manutenção!

Experimente o Keepfy por 14 dias grátis

Conta pra gente!

o que você achou deste conteúdo? Escreva nos comentários.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *