Este site usa cookies e tecnologias afins que nos ajudam a oferecer uma melhor experiência. Ao clicar no botão "Aceitar" ou continuar sua navegação você concorda com o uso de cookies.

Aceitar

Artigos sobre Manutenção Industrial e Gestão de Ativos

Quais são os principais indicadores na gestão da manutenção?

Guilherme Bogo
Escrito por Guilherme Bogo em 26 de maio de 2020
Fique por dentro

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

O profissional responsável pela gestão da manutenção sabe que precisa acompanhar os números caso queira ter um diagnóstico real sobre a empresa. Que é por meio desses indicadores que ele irá conseguir avaliar o desempenho das máquinas, da equipe e também o progresso que está tendo no mercado.

Sem o apoio das informações e do suporte da tecnologia para manutenção, pode ficar perdido para solucionar todos os problemas ou formular estratégias mais assertivas para o crescimento.

A sua empresa sabe acompanhar os principais indicadores ou realiza o controle dos dados na “base da sorte”? Veja, neste post, qual é a importância de acompanhar as informações, quais são as principais métricas e qual é a solução tecnológica para a manutenção capaz de ajudar o gestor a extrair dados com eficiência.

Quais são os principais indicadores na gestão da manutenção?

O que são Indicadores de Manutenção?

Indicadores são métricas que informam como está a performance de um determinado processo, área ou equipamento. Toda empresa precisa realizar esta medição para controlar o desenvolvimento dos processos. Logo, são estes dados que ajudam os profissionais a entenderem melhor a situação.

Nas fábricas, os indicadores de manutenção mostram como a empresa está se comportando, quais estão sendo os seus efeitos no mercado e o que pode ser feito para melhorar a performance do campo fabril.

Os indicadores de manutenção denunciam a presença de qualquer falha no setor, e cada um desses apontamentos é fundamental para levar informações mais estratégicas até os gestores, contribuindo para a tomada de decisões.

Qual é a importância de acompanhar os indicadores?

Qualquer empresa que busca aprimorar os processos precisa fazer uso dos indicadores de manutenção. As métricas padronizam as informações a fim de torná-las mais compreensíveis e, ao acompanhar esses números corretamente, a empresa é capaz de se destacar e se tornar mais competitiva.

No caso da manutenção, esses indicadores fornecem dados, como:

  • Distribuição das atividades;
  • Paralisações dos equipamentos;
  • Planejamento da manutenção;
  • Quantidade de matéria-prima em estoque;
  • Resultados operacionais;
  • Treinamentos para capacitação de funcionários;

Esses indicadores ajudam na análise de cada processo, agilizando o tempo dos profissionais na formulação das estratégias. Eles também conseguem economizar recursos ao evitar decisões precipitadas.

Quais são os principais indicadores de manutenção?

Os Indicadores de Manutenção podem ser classificados em duas categorias: aqueles que representam o efeito da manutenção no crescimento dos
negócios e os relativos à disponibilidade e qualidade dos ativos.

Entre todos os indicadores utilizados, os principais são:

  • Disponibilidade: Informa a disponibilidade dos ativos. Isto é, o tempo de disponibilidade da máquina em seu turno de operação. Como garantir o funcionamento dos equipamentos é o principal objetivo na gestão da manutenção, quanto maior for esse indicativo, melhor;
  • MTBF: Mean Time Between Failures, ou tempo médio entre falhas, demonstra o tempo total de funcionamento entre uma falha e a próxima irregularidade. Ou seja, é por meio dessa métrica que a empresa vai conseguir mensurar a confiabilidade das máquinas;
  • MTTR: Mean Time To Repair, ou tempo médio para reparo, mostra o tempo que a equipe vai levar para colocar o equipamento em dia. Em outras palavras, é um indicador que mede a capacidade dos funcionários em consertar as falhas;
  • Custo de manutenção: Os indicadores de custo, seja custo por equipamento ou por tipo de manutenção, são fundamentais para guiar os gestores em uma estratégia de redução de custos e maximização da produtividade.

Por que contar com um software na gestão destes indicadores?

Há uma quantidade enorme de informações e processos que precisam ser gerenciados. Assim sendo, é importante que os gestores utilizem as ferramentas certas para extrair os dados corretamente. Do contrário, podem não alcançar indicadores confiáveis para melhorar o seu desempenho.

Uma forma de extrair todas essas informações é contando com um software na gestão destes indicadores. Hoje, essa tecnologia para manutenção permite que realizem a coleta dos dados de maneira simples e prática. Além de ajudar na identificação de irregularidades e na tomada de decisões mais assertivas.

O Keepfy, sistema desenvolvido para simplificar a gestão da manutenção, faz parte dessa tecnologia inovadora. Ele permite que os profissionais gerenciem os principais indicadores e auxilia para que consigam extrair as informações mais relevantes para a empresa.

Por meio da coleta e de um acompanhamento correto dos dados, os profissionais conseguem identificar quais são as falhas que podem ser corrigidas com antecedência. Dessa forma, a empresa passa a ficar mais preparada para enfrentar os desafios, e também para atender o mercado com mais qualidade e segurança.

Se você ainda não conhece uma tecnologia para manutenção capaz de ajudá-lo, acesse e comece agora mesmo o seu teste gratuito no Keepfy.

Experimente o Keepfy por 14 dias grátis

TAGS: Gestão

Conta pra gente!

o que você achou deste conteúdo? Escreva nos comentários.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *